Arabic arBengali bnDanish daGerman deGreek elEnglish enSpanish esEtonian etPersian faFinnish fiFrench frHindi hiCroat hrIndonesian idItalian itHebrew iwJapanese jaKorean koLatvian lvMalay msDutch nlNorwegian noPolish plPortuguese ptRomanian roRussian ruSlovak skSwedish svSwahili swThai thTurkish trUrdu urVietnamese viChinese zh

[98] Basquetebol Profissional.


O Basquete Profissional.
O basquetebol profissional surgiu em 1896 nos Estados Unidos da América, em Trenton, Nova Jersey. Jogadores que não podiam participar dos jogos entre universitários organizaram e venderam ingressos para uma partida a ser realizada no Masonic Temple Auditorium, por eles alugado. Como a arrecadação foi superior à esperada, deduzidas as despesas cada jogador recebeu 15 dólares. Algum tempo depois, era fundada a primeira liga profissional - a National Basketball League - com equipes de Nova Jersey, Brooklin e da cidade de Nova York.

Os Globetrotters.
Nessa época, não era permitido que negros jogassem nas equipes de brancos ou contra eles. Em face disso, em 7 de janeiro de 1927, na periferia de Chicago, Abe Sapertein, filho de imigrantes poloneses, fundou o Harlem Globetrotters, equipe de exibição, exclusivamente composta de afro-americanos. Eram exímios jogadores, malabaristas e humoristas. Apresentando-se em vários países, o Globetrotters colaborou muito na difusão do basquete.

A NBA.
A atualmente poderosa National Basketball Association (NBA), fundada entre os anos de 1949 e 1950, reunindo 17 equipes profissionais, nasceu da necessidade de se dar uma estrutura unificada às inúmeras ligas então já existentes no basquetebol profissional norte-americano, esporte que se tornava cada vez mais apreciado entre todas as camadas da população.

é à NBA que o basquetebol deve hoje sua divulgação por todo o planeta. Em 1992, em Barcelona, pela primeira vez na história dos jogos olímpicos, uma seleção da NBA representou os Estados Unidos da América, com sucesso absoluto: o Dream Team (literalmente. "Time dos Sonhos").

Como a NBA tem objetivos diferentes da Fédération Internationale de Basketball (FIBA), uma vez que sua preocupação maior é a de proporcionar espetáculo, suas regras apresentam algumas diferenças, tais como:
- 3 árbitros
- 5 faltas coletivas
- 6 faltas individuais
- 24 segundos de posse de bola
- 6,75 m para a linha da cesta de 3 pontos
- tempo de jogo dividido em 4 quartos de 12 minutos
- linha da área restritiva reta, formando um retângulo, com a linha de lance livre e a linha final.

Índice:


comentários:


Postar um comentário

Deixe o seu comentário





* necessário